Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Elvis não morreu, continua vivo e mora numa roulotte na Califórnia

O Elvis não morreu, continua vivo e mora numa roulotte na Califórnia, é um blog de música, de momentos, de memórias, de eventos, de acontecimentos, novidades e reportagem sobre música.

13
Nov15

Guilty Pleasures #1

Elvis

Houve uma altura em que a televisão estava repleta de programas do Júlio Isidro e do Luís Pereira de Sousa, era raro o momento em que passavam música ou telediscos. Havia algumas exceções, como o top disco ou o videopolis. Mas terá havido uma altura que a RTP 2 transmitia programas da MTV dedicados exclusivamente aos famosos telediscos.  

 

Decidi comprar uma cassete de VHS para gravar videoclips, para os poder ver e rever as vezes que quisesse.060411231323_100 (1).jpg Numa dessas tardes da minha pré-adolescência, estava pronto para iniciar a gravação, quando a coisa mais incrível aconteceu, apaixonei-me. Apaixonei-me pela miúda que estava dentro da televisão. Acho que até aquele momento nunca tinha reparado nas raparigas, não sabia que eram atrativas, capazes de me fazer sentir coisas, de me despertar desejo, interesse e curiosidade. Perdi a minha inocência naquele momento. 

Gravei aquele vídeo, revi-o milhares de vezes e sonhei tanto a ouvir aquela música! Ela era um pouco mais velha que eu, morena, tinha os olhos rasgados e uma boca linda, lábios grossos, mas muito desenhados. Era mesmo gira. Durante o vídeo havia uma cena em que um rapaz se aproximava dela por trás, e lhe punha uns phones (dos anos 80) e ela surpreendida com a musica vira-se, abraça-o e dança agarrada a ele, invejei tanto esse rapaz, eu é que deveria estar ali a dançar com ela, afinal de contas eu estava apaixonado por ela!

Cheguei a comprar umas revistas Bravo em alemão (não sei uma única palavra de alemão) porque a vi na capa. O vídeo era todo ele constituído por cenas de um filme ao qual esta música servia de banda sonora. Procurei o filme em todo o lado, mas só alguns anos mais tarde consegui ver La Boum, o filme que lançou Sophie  Marceau  e mostrou a sua beleza ao mundo. Quanto à música, diria que será sempre o mais inocente de todos os meus guilty pleasures.

 

 

O Elvis na rede

Já passou...

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Eu

foto do autor